Você está aqui: Página Inicial > Notícias ALERTA DE SERVIÇOS > DNIT/SC alerta para desvio de tráfego na BR-101 em Araranguá, Santa Catarina

Notícias

DNIT/SC alerta para desvio de tráfego na BR-101 em Araranguá, Santa Catarina

por publicado: 12/07/2017 14h39 última modificação: 12/07/2017 14h39

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) alerta aos motoristas que a BR-101 Sul tem desvio lateral, sobre a pista de sentido Florianópolis-Porto Alegre, no km 417,5, dentro da travessia de Araranguá. A modificação no tráfego é necessária para a continuidade de instalação do projeto piloto para pesagem veicular em movimento, atividade de cooperação entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a autarquia.

O desvio fica próximo do Posto de Pesagem Veicular (PPV), no bairro Polícia Rodoviária. As duas faixas de rolagem foram escavadas para a instalação do equipamento de aferição e, por isso, estão interrompidas para o fluxo da rodovia federal. Os automóveis são redimensionados para o espaço do acostamento e a modificação também ocupa parte da alça de acesso ao PPV. Toda a alteração segue a sinalização provisória de obras, que indica a interrupção com cerca de 1,5 mil metros de antecedência.  

O novo sistema que está sendo implantado na BR-101 tem objetivo empregar a pesagem de veículos para carga em movimento, sendo operado de forma independente e autônomo, sem interferência humana. A tecnologia será capaz de aferir veículos transportadores de carga e passageiros quanto à velocidade, peso bruto total (PBT), peso por eixo e quantidade de eixo. Em caso de haver excesso na pesagem aferida, o sistema emite online a autuação a partir da placa do veículo, conferindo por fotografia gerada.

A fase inicial de instalação do posto integrado em Araranguá prevê a mudança de 136 metros do pavimento na BR-101 Sul, próximo do km 417,5. Nesse espaço o asfalto está dando lugar a uma camada de concreto, para testar o tipo ideal de piso para operar os sensores. A interrupção seguirá a necessidade de avanço dos trabalhos.  

BR-101 Sul tem trabalhos sobre pistas em Tubarão  até sexta-feira (14)

Motoristas que trafegam pela BR-101 Sul catarinense devem redobrar os cuidados ao trafegar pela travessia urbana de Tubarão. Até sexta-feira, 14, o DNIT/SC realiza trabalhos de manutenção e conservação de pistas, tanto na plataforma de tráfego em longo curso (pistas duplicadas) quanto em vias laterais e acessos. As melhorias na rodovia federal entram na fase final de atividades.

Nesta quarta-feira, 12, a autarquia faz a recuperação asfáltica no km 336, no bairro Morrotes. No segmento há trabalhadores e equipamentos próximo do fluxo de veículos, fazendo a fresagem, retirada de sedimentos escavados, aplicação e compactação de nova camada. Já nesta quinta e sexta-feira, a frente de obras será deslocada para o km 333, próximo do viaduto de acesso Norte a Tubarão (pela avenida Tancredo Neves, no Revoredo). A meta da autarquia é finalizar todas as intervenções no pavimento nesta semana, no lote de obras para conservação delimitado entre o km 300 ao km 380 (Laguna a Içara).

O DNIT/SC iniciou a recuperação neste trecho em abril passado e fez reconstrução nos trechos da rodovia federal em Laguna, Pescaria Brava, Capivari de Baixo, Tubarão, Sangão e Içara. Ao final da primeira etapa de obras, foram acrescentadas duas mil toneladas de massa asfáltica para recomposição de partes onde o período chuvoso, registrado no início de junho, desgastou. Para informações sobre a trafegabilidade na BR-101 durante os trabalhos de conservação, os usuários têm canais de interação mantidos pela autarquia e pelo consórcio Concremat-Tecnosolo (Gestão Ambiental), através do atendimento gratuito pelo telefone 0800 6030 101 e pelos links úteis no site 101sul.com.br.

Quarta  e última passarela em construção na BR-101 é liberada aos pedestres

O DNIT/SC libera nesta quarta-feira, 12, em caráter definitivo, a passarela construída no km 341,8 da BR-101 Sul. A estrutura vinha recebendo trabalhos de finalização estética e para acessibilidade, com plantio de gramíneas nos taludes, instalação de defensas metálicas próximo do fluxo de veículos e instalação dos guarda-corpos. Está é a quarta, e última, travessia de pedestres das obras complementares à duplicação da rodovia federal, no segmento catarinense.  Esta passagem elevada para pedestres tem 207,2 metros de extensão, contando a ligação entre as duas ruas laterais, idêntica à passagem construída no km 326. A maior de todas as quatro estruturas das obras complementares está construída no km 336, no bairro Morrotes, com 251,7 metros de ponta-a-ponta.

Este equipamento de travessia vem somar aos espaços já utilizados nos dois viadutos construídos entre o km 340 ao km 342,5 e a outras duas passagens inferiores, construídas no km 340,5 e km 343,5, durante a duplicação da rodovia. A estrutura está liberada e servira para o aglomerado urbano do bairro São Cristóvão, em Tubarão. A cidade tem o maior segmento de pistas inserido em trajeto urbano da duplicação, começando no km 332 (bairro Revoredo) com final no km 344,5. Somente no Morro do Formigão não há densidade de residências e pessoas, em trecho de pouco mais de mil metros.

SegurançaTodas as estruturas já liberadas têm guarda corpos laterais, com 1,12 metros de altura e rampas para acesso com inclinação suave, para circulação de portadores de necessidades motoras. As passarelas foram construídas próximo de viadutos e outras passagens de pedestres, acrescentando mais equipamentos de travessia segura aos já construídos ao longo da duplicação da rodovia. Do km 300 ao km 465 foram construídas 25 passagens inferiores para pedestres (PIPs) e 17 passarelas.

Em todos os aglomerados urbanos junto à BR-101 Sul, há equipamentos de segurança como passagens inferiores para pedestres, passarelas, calçadas e faixas para garantir a segurança e conforto das pessoas que circulam a pé.

12/07/2017

ASCOM/DNIT/SC