Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Duplicação da BR-470 trará desenvolvimento para o Vale do Itajaí em Santa Catarina

Notícias

Duplicação da BR-470 trará desenvolvimento para o Vale do Itajaí em Santa Catarina

por publicado: 21/12/2017 12h02 última modificação: 21/12/2017 12h05

Eixo estratégico para o desenvolvimento do sul do país, a BR-470 liga os municípios de Navegantes (SC) e Camaquã (RS) num trajeto total de 472 km. Em Santa Catarina a rodovia tem papel fundamental para a produção e escoamento das riquezas do Vale do Itajaí, onde se concentram as indústrias de tecelagem, cristais, porcelanas e metal-mecânico.

BR-470 lote 1 km 16 ponte canal DNOS.edit.jpgO trecho catarinense da rodovia está entre as dez estradas federais que mais ocorrem acidentes, com 51% deles fatais, resultado de colisões frontais. Isso acontece porque em todo trajeto a pista é simples e qualquer ultrapassagem é arriscada.

Para garantir mais segurança, agilidade e qualidade aos usuários da rodovia foi desenvolvido o projeto de duplicação da BR-470/SC, em seu trecho mais crítico. Dividida em quatro lotes, a obra inicia no Porto de Navegantes (km 0,00) e vai até o município de Indaial (km 73,18).

No Lote 1 (de Navegantes até Luís Alves), 23% da obra foi concluída. No Lote 2 (de Luís Alves a Gaspar), as obras estão mais adiantadas, com 46% executadas. No Lote 3 (em Blumenau), apenas 6% dos serviços foram realizados, pela falta de desapropriações, e no Lote 4 (de Blumenau a Indaial), as obras ainda não começaram devido também à necessidade de desapropriações, num total de 495 propriedades.

A Superintendência Regional do DNIT já começou a promover as desapropriações, realizando mutirões no início de dezembro no Lote 3, referentes a 36 processos, que alcançaram 100% de acordos firmados. Para todo o trecho a ser duplicado será necessário desapropriar mais de 1.400 propriedades.

21/12/2017

ASCOM/DNIT/SC