Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo Federal assina ordem de serviço para retomar obras do Contorno do Mestre Álvaro (ES)

Notícias

Governo Federal assina ordem de serviço para retomar obras do Contorno do Mestre Álvaro (ES)

INFRAESTRUTURA

Autorização para construção de desvio na BR-101/ES vai desafogar tráfego e melhorar logística na região
por publicado: 30/04/2019 18h41 última modificação: 30/04/2019 18h56

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou, nesta terça-feira (30), a ordem de serviço para as obras de construção do contorno rodoviário do Mestre Álvaro, na BR-101/ES. O evento contou com a participação do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, do diretor de Infraestrutura Rodoviária da autarquia, Euclides Bandeira Neto, do diretor de Planejamento e Pesquisa, Luiz Guilherme Rodrigues de Mello, do superintendente Regional do DNIT no Espírito Santo, Romeu Scheibe Neto, além do governador Renato Casagrande e de parlamentares do estado.

O novo acesso rodoviário deve desafogar um gargalo logístico importante na região metropolitana da Grande Vitória, diminuindo a distância entre os municípios de Serra e Cariacica em 15 quilômetros e servindo como alternativa para a passagem de veículos pesados.

Durante a assinatura, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas destacou a importância da ação para o estado. “Finalmente podemos iniciar a obra. Teremos uma repercussão importante do ponto de vista da segurança viária e da economia no tempo de viagem, tirando um trânsito pesado de dentro do município da Serra, que é um dos municípios mais importantes do estado do Espírito Santo”, enfatizou.

Licitado em Regime Diferenciado de Contratação Integrado (RDC-I), o empreendimento é fruto de uma parceria entre os governos federal e estadual. Serão investidos R$ 290 milhões em um novo trecho de de 19 quilômetros de pista dupla.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho atual da BR-101/ES é considerado o mais perigoso do estado.

Coordenação de Comunicação Social – DNIT, com informações da Assessoria Especial de Comunicação do Ministério da Infraestrutura