Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo lança Operação RODOVIDA 2016-2017 para reduzir acidentes nas estradas

Notícias

Governo lança Operação RODOVIDA 2016-2017 para reduzir acidentes nas estradas

Ação visa aumentar a segurança nas estradas de todo o país nas festas de fim de ano e férias escolares
por publicado: 16/12/2016 17h29 última modificação: 16/12/2016 17h32

Para reduzir a incidência de acidentes durante a época em que, todos anos, aumenta o movimento nas estradas, o Governo federal lançou, nesta sexta-feira (16/12), a Operação Integrada Rodovida 2016-17, que reúne ações de ministérios e órgãos federais envolvidos com o trânsito, em articulação com Estados e municípios. Fiscalização mais intensa em 100 trechos críticos de rodovias pelo País e blitz educativas são algumas das atividades previstas para este período.

Aberta pelo presidente da República Michel Temer, a cerimônia contou com a presença de representantes dos ministérios da Justiça e Cidadania, Transportes, Portos e Aviação Civil, Cidades e da Saúde, DNIT, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A primeira fase da Operação Rodovida 2016-2017 vai até o dia 31 de janeiro, durante o período de final de ano e férias escolares. A segunda, abrange o período do Carnaval, entre 17 de fevereiro e 5 de março. No lançamento da operação, Temer elogiou o trabalho de policiais rodoviários federais no Brasil. “Essa fiscalização em nome da vida é uma coisa importantíssima”, afirmou.

Também presente, o Diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luiz Antônio Garcia, destacou que a segurança viária se baseia no tripé engenharia, esforço legal e segurança. Acrescentou que, apesar de a Autarquia atuar preponderantemente na área de Engenharia, também trabalha com a normatização e, ainda, em ações educativas, que têm se concentrado em escolas públicas, visando preparar o futuro condutor.



DNIT no Rodovida

O DNIT contribui decisivamente para a segurança nas estradas federais, com 3.549 equipamentos controladores de velocidade instalados em todo o país, que monitoram mais de 7.000 faixas de trânsito. Para a Operação Rodovida, foram entregues novos equipamentos e pontos de fiscalização, de outubro de 2015 a setembro de 2016. Foram 187 barreiras, 139 radares e 103 equipamentos de avanço semafórico em segmentos críticos.

Os usuários das rodovias federais também contam com atividades previstas no Programa Nacional de Segurança e Sinalização Rodoviária – BR LEGAL, com 420 mil metros quadrados de sinalização horizontal e 4,8 mil m² de placas implantadas nos pontos críticos. Além disso, estão programados mais 200 mil m² de sinalização horizontal e 9 mil m² de placas nos pontos críticos.

Uma das principais fiscalizações intensificadas é a de embriaguez. Também serão priorizadas as inspeções em motocicletas, velocidades e ultrapassagens. Durante o período, também serão ampliadas as campanhas educativas para o trânsito.

Com informações do Portal Planalto

 

16/12/2016

Assessoria de Comunicação - DNIT