Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Obras no MT, inseridas no programa Avançar, estão em ritmo acelerado

Notícias

Obras no MT, inseridas no programa Avançar, estão em ritmo acelerado

por publicado: 20/06/2018 08h59 última modificação: 20/06/2018 09h07

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes entregará em julho, um trecho da duplicação da BR-163/MT, na região da Serra da Caixa Furada, município de Nobres. No local, estão sendo realizadas obras de contenção da Serra, o que levou à interdição de uma das pistas duplicadas. A previsão de liberação ao tráfego é para o final de julho.

A contenção da Serra da Caixa Furada está entre as três obras consideradas prioritárias pelo DNIT em Mato Grosso e foram incluídas no Programa Avançar, do governo federal. Segundo o Superintendente Regional, Orlando Fanaia Machado, além dessa, também estão priorizadas as obras do contorno de Barra do Garças e a duplicação da BR-163, entre Cuiabá e Rondonópolis.

Lançado em 2017, o programa tem o objetivo de priorizar obras de infraestrutura no país e, no caso de Mato Grosso, 234 obras estão inseridas, incluindo as de geração de energia elétrica e unidades habitacionais.

No âmbito do DNIT, com os recursos advindos do programa, a obra de duplicação da BR-163/MT está com cerca de 70% dos serviços concluídos e a estimativa é que, até o final de 2018, mais um trecho de 23 km situado entre a Serra de São Vicente e Cuiabá, esteja também completamente duplicado. Além deste, mais 10,2 km de pista nova, entre a praça de pedágio e Cuiabá, devem ser concluídos e liberados para o tráfego. A estimativa é que a duplicação de Cuiabá a Rondonópolis seja finalizada até o final de 2019.

Outra importante obra do DNIT em Mato Grosso é o contorno de Barra do Garças, que também avança para sua finalização, sendo que as duas pontes, sobre o rio Garças e sobre o rio Araguaia, já estão concluídas. Além da construção dessas pontes, o projeto prevê a construção do anel viário com 9,9 km de extensão, contendo duas rotatórias nas pistas duplas que contornam o bairro, e ainda, iluminação do anel viário.​

20/06/2018

ASCOM/DNIT