Você está aqui: Página Inicial > Notícias > PNCT é apresentado na 32°ANPET em Gramado/RS

Notícias

PNCT é apresentado na 32°ANPET em Gramado/RS

PLANO NACIONAL DE CONTAGEM DE TRÁFEGO

por publicado: 07/11/2018 14h51 última modificação: 07/11/2018 14h51

Entre os dias 04 e 07 de novembro aconteceu no Centro de Eventos FAURGS, em Gramado, no Rio Grande do Sul, a 32° edição do Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes promovido pela Associação Nacional de Pesquisa e Ensino de Transporte, ANPET, que trata-se de um fórum para discussão dos grandes temas do setor de transportes, possibilitando o intercâmbio entre pesquisadores, técnicos e dirigentes.

Durante os três dias de evento, a programação foi intensa, composta de mesas redondas, minicursos, workshops, palestras e reuniões de grupos de pesquisa, que trataram sobre os problemas de transporte do Brasil, sem dispensar a importante contribuição de especialistas internacionais.

Em parceria com a COPPE/UFRJ, o DNIT, referência em infraestrutura de transportes no País, participou do evento com quatro apresentações sobre o Plano Nacional de Contagem de Tráfego, PNCT, ferramenta fundamental para identificação do comportamento do tráfego nas rodovias federais e indispensável para as atividades-fim do DNIT.

No ano de 2014, a partir da retomada do PNCT, o DNIT consolidou a sistematização da contagem de tráfego permanente nas rodovias federais. Hoje, o DNIT conta com 320 postos em operação realizando contagem contínua, além de locais específicos para coleta complementar, abrangendo toda a malha rodoviária federal.

Nos anos de 2016/2017, através do Termo de Execução Descentralizada, TED N° 290/2014, o Departamento realizou quatro etapas da Pesquisa Origem e Destino, OD, com o objetivo de expandir as informações sobre o tráfego para toda a malha rodoviária federal.

Congresso anual

Desde 1987, já foram realizados 31 encontros anuais de âmbito nacional, nos quais todos os pesquisadores, profissionais e especialistas em transportes tiveram oportunidade de participar da discussão de temas de grande interesse para a comunidade que trabalham no setor, contribuindo para a formação de recursos humanos no Brasil, com a capacitação de técnicos em infraestrutura e serviços de transportes com qualidade para a sociedade e valorizando os aspectos ambientais. Esta é uma forma de contribuição concreta para a adoção de políticas públicas voltadas para a ideia-chave do transporte como fator de desenvolvimento, inclusão social e preservação dos recursos naturais, que se constitui um dos grandes desafios de nossa sociedade.

 07/11/2018

ASCOM/DNIT